Irmãs de São José de Chambéry do Brasil e Bolívia
Notícia
25/08/2020
Pinerolo para Chambéry uma volta às origens...


Os Conselhos Gerais de Chambéry e Pinerolo, dando continuidade as reflexões sobre o processo de fusão entre as duas Congregações, estiveram reunidos nos dias 13 e 14 de agosto de 2020, via videoconferência, com as comunidades de Pinerolo que se encontram na delegação brasileira e na missão na Argentina.  Os dois momentos foram repletos de partilhas, esclarecimentos e um espírito de acolhida e confiança. Segundo Ir. Ieda Tomazini, do conselho de Chambéry, “o objetivo dos encontros foi o de nós nos conhecermos melhor e fazer uma escuta atenta de sua caminhada em vista da possível fusão com a congregação de Chambéry. A partilha foi muito rica e carregada de esperança. Nós sentimos muita abertura, honestidade e clareza na exposição das preocupações, sentimentos e questionamentos. As Irmãs estavam muito preparadas e interagiram com muita leveza e interesse.

Ir. Ieda afirma “que deixar para trás uma história, mesmo que esta estivesse conectada com a nossa é sempre um deixar partir vivências muito significativas para abraçar uma outra que, por sua vez, é desconhecida. O caminho vai se construindo passo a passo por ambas as congregações e acredito que tanto elas como nós sairemos muito enriquecidas deste processo de fusão.


Ir. Vanda de Souza Reis que faz parte da delegação brasileira de Pinerolo e reside na Bahia, região nordeste do Brasil, compartilha suas impressões e sentimentos sobre este encontro. Segundo ela, favoreceu para: “estreitar laços, reduzir distancias e ajudar no acolher reciprocamente com realismo as diferenças”


 

O Espírito Santo nos conduz no caminho da fusão

Nasce espontâneo em nosso coração, um sentimento de sincera gratidão pelo significativo encontro que nós, Irmãs da Delegação Brasileira de Pinerolo, tivemos via zoom, com a Madre Sally, Madre Gemma e seus respectivos conselhos, na manhã do dia 13 de agosto.


Nos sentimos acolhidas, compreendidas e animadas no atual processo de fusão pelas palavras afetuosas e esclarecedoras de Madre Sally, que nos ajudou a viver este momento com confiança e abertura de coração, conscientes que estamos construindo juntas uma nova e mais intensa comunhão, lembrando-nos que, nós de Pinerolo, estamos voltando à nossa origem, Chambéry, de onde em 1825 saíram, cheias de fé e de zelo apostólico, a jovem Madre Esperança e as outras Irmãs:  Pélagie Bonnet e Fébronie Devarnaz-Gros, para iniciar a Congregação de São José em Pinerolo.


No nosso diálogo fraterno, tivemos espaço para manifestar as muitas expectativas que nos animam a escolher a fusão como um caminho que nos permite unir forças para um enriquecimento recíproco, ampliando a visão da realidade, abrindo novos horizontes, especialmente para as irmãs mais jovens, oferecendo assim, a possibilidade de viver o Carisma de Padre Médaille, na busca de respostas adequadas às exigências da missão nos tempos atuais.


 

“Rumo a uma nova realidade de Comunhão”

Reconhecemos também com sinceridade os nossos medos do desconhecido, o receio de ter que deixar os nossos esquemas de vida, que nos dão segurança, para acolher estilos e culturas diferentes. A falta de confiança nos nossos próprios valores e capacidade nos fez criar ideia de potência das Irmãs do Sul do Brasil, pensando que seria difícil nos aproximarmos delas. Mas nas poucas experiências que tivemos de encontra, começamos a desconstruir esta imagem distorcida: conhecemos de fato, muitas Irmãs simples, profundamente humanas, simpáticas, abertas, acolhedoras, respeitosas, coerentes...


Madre Sally nos ajudou a superar preocupações e angústias, quando delineou a fusão como um processo a ser vivido sem pressa, dando tempo para um conhecimento recíproco mais profundo, tanto que se viu oportuno um período de transição, no qual a Delegação brasileira poderá ser inserida como missão da Província italiana de Chambéry, continuando os serviços de evangelização e ação social já iniciados, respeitando o vínculo afetivo e solidário, construído ao longo dos anos entre Itália e Brasil.

Este período possibilitará, um intercambio natural e um enriquecimento mútuo, através da participação nos encontros, organizados por Chambéry, que irão estreitar laços, reduzir distancias e ajudar no acolher reciprocamente com realismo as diferenças.


Agradecemos de coração a Deus, a Madre Sally, a Madre Gemma e aos dois Conselhos Gerais pela atenção e compreensão fraterna que nos dedicaram. Continuamos confiantes o caminho, nos deixando guiar pelo Espirito, que já invocamos todos os dias para que nos conduza “rumo a uma nova realidade de Comunhão”.

 





Galeria de imagens

(15 imagens)

Envie seu comentário

*Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.
topo voltar