Irmãs de São José de Chambéry do Brasil e Bolívia
Notícia
05/07/2020
Nota expressa solidariedade ao povo boliviano

Cansada de ver a atividade do narcotráfico ser realizada livremente, a comunidade de Bella Vista de Iténez, na Bolívia, reagiu nas últimas semanas. A ação que está cooptando jovens para a atividade, estimulando a prostituição e ameaçando o futuro de crianças e adolescentes. Segundo informações locais, somente do Departamento de Beni partem trinta voos diários com carga de 500 quilos de cocaína com destino ao Brasil e ao Paraguai.

Para chamara atenção das autoridades e da comunidade internacional, religiosas e leigos da cidade de Bella Vista levaram até a praça central um avião que transporta droga para chamar a atenção ao problema. Essa atitude foi tomada como provocação pelos operadores do narcotráfico, que começaram a fazer ameaças de morte para lideranças locais.

Diante dessa atitude profética e do perigo à vida, a Rede de Congregações das Irmãs de São José da América Latina e Caribe, a Comissão de JPIC das Congregações de São José e a ISJ ONU publicaram uma Nota de apoio e solidariedade às comunidades bolivianas que estão pedindo socorro do mundo para assegurar um futuro digno para os jovens, proteção da vida das lideranças locais e a para que as autoridades locais e nacionais tomem medidas concretas para combater a ação do narcotráfico. Veja a integra da Nota de Solidariedade.

 

Solidariedade ao povo boliviano

Prezados e valentes cristãos, religiosos, leigos e bispos da Bolívia

Os acontecimentos da reação do povo de Bella Vista del Iténez nas últimas semanas diante da atividade desenfreada do narcotráfico nos enchem de motivação e esperança de vida com respeito e dignidade em nosso continente. As ameaças com a morte representa o poder dos fracos diante da transgressão que cometem para se beneficiar economicamente de uma atividade ilícita, ilegal e imoral.

A colocação de uma avioneta na Praça Central recorda a figura de Jesus Cristo quando expulsou os vendilhões que ocupavam o lugar sagrado para explorar o povo. Os cristãos de Bella Vista dão prova de sua fidelidade ao Evangelho, diante daqueles que exploram o lugar sagrado da vida e da dignidade do povo boliviano.

Inescrupulosos e criminosos não são apenas os barões do narcotráfico e da produção da droga na Bolívia. Também são cúmplices da famigerada exploração os receptadores, traficantes e consumidores no Brasil, no Paraguai e em todo o mundo.  A iniciativa do povo de Bella Vista é também um grito da comunidade internacional contra um sistema que está roubando a vida das crianças e dos jovens.

Como expressou o Presidente da Rede Eclesial Panamazônica-Bolívia, Dom Eugênio Coter, “esta denúncia é de um povo, uma comunidade inteira”. É a comunidade mundial que exige uma atitude severa das autoridades para combater essa atividade ilegal.

A Comissão de Justiça, Paz e Integridade da Criação das Congregações de São José da América Latina e Caribe e a Equipe da Rede da Família São José da América Latina e Caribe e ONG ISJ ONU manifestam sua solidariedade às religiosas, aos leigos, aos bispos e a todos os cristãos pela corajosa atitude de denuncia da atividade ilícita do narcotráfico.

Ao mesmo tempo, exigem das autoridades locais e nacionais da Bolívia que adotem medidas urgentes para conter essa atividade que tem reprovação internacional e representa um descrédito internacional para as autoridades bolivianas. Exigem também proteção com órgãos nacionais de segurança para a comunidade e para as pessoas ameaçadas de morte. A comunidade internacional acompanha atentamente a falta de atitude das autoridades bolivianas.

Que o espírito do Ressuscitado mantenha viva a chama da esperança num mundo de equidade, de desenvolvimento sustentável, de justiça, de solidariedade e de paz. Que o povo de Bella Vista tenha ao seu lado a força divina para enfrentar a irresponsabilidade e a imoralidade daqueles que com a morte a quem defende a vida e a dignidade do povo Boliviano.

                                                                                   29 de junho de 2020





Galeria de imagens

(2 imagens)

Envie seu comentário

*Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.
topo voltar