Irmãs de São José de Chambéry do Brasil e Bolívia
Notícia
10/04/2020
Mensagem da Irmã Lorraine Marie

Convento São José

Fetri, Nagpur 441 501

Quarta-feira Abril 8

 

 

Querida Ir. Katia, Irmãs do Conselho e Irmãs na Província do Brasil,

 

             Estamos na semana sagrada da Quaresma e, em breve, juntamente com Jesus Cristo, sairemos vitoriosos do túmulo das trevas e do medo da infecção por corona para uma Páscoa gloriosa. Sinceramente, hesito em desejar uma feliz Páscoa a minhas irmãs. Há tanta tristeza à nossa volta, tanto choro e luto, tanta dor e luto que dizer "Feliz Páscoa" parece vazio e vazio. E, no entanto, sabemos e cremos que nosso Senhor Jesus venceu o pecado e a morte e enxuga todas as lágrimas e tristezas.

 

 

             Nunca, em todos os meus anos de existência, jamais pensei que enfrentaríamos uma pandemia global. Inicialmente, assistindo as notícias que pensávamos 'era algo lá fora' e oramos pela China. Gradualmente, percebemos a verdade e logo estávamos enfrentando a mesma realidade à nossa porta. No entanto, acreditamos que estamos nos braços protetores do Todo-Poderoso, a salvo de qualquer vírus ... selado no precioso sangue do Cordeiro.

 

 

             Desde 25 de março, nosso país, a Índia, está sob bloqueio nacional. A polícia acabou por garantir que as pessoas sigam as instruções. Infelizmente, encontramos vilões da Corona que infringem a lei, se reúnem em grupos e espalham a doença. É devido a esses vilões que a Índia é incapaz de controlar a propagação da doença. Assim como o Brasil, temos nossas grandes favelas e bolsos cheios de pobreza, onde os membros vivem em uma pequena quarto. Que distanciamento social eles podem manter?
 
 
             Em 22 de março, nosso primeiro-ministro solicitou um 'toque de recolher de janata' que é obrigatório pelas pessoas para as pessoas, das 7:00 às 21:00. Foi um grande sucesso!
 
Às 17h deste dia, todos fomos convidados a descer nos telhados, varandas e aplaudir os guerreiros corona, bater palmas, tocar sinos, emitir sons e apreciar seus esforços heróicos.
 
Então, em 24 de março, à meia-noite, o bloqueio entrou em ação. Os mais atingidos foram os migrantes domésticos, refugiados, assalariados, etc. Eles deixaram as cidades e voltaram às suas aldeias, em grande número. O governo teve que tomar as providências necessárias para o transporte, pois não havia trens para levá-los para suas casas. No entanto, cada Estado está organizando o melhor para seus migrantes e refugiados.
 
 
Agora, em 5 de abril, o primeiro-ministro anunciou que, às 21h, todos os cidadãos sairão de suas varandas e portas, acenderão uma vela ou candeeiro a óleo por 9 minutos, enquanto todas as luzes da casa serão apagadas. De acordo com a astrologia, isso é auspicioso, às 21h por 9 minutos ... todas as nossas energias positivas expulsarão qualquer coisa negativa da terra. Algumas pessoas criticadas pelos partidos da oposição elogiam essa atitude do primeiro-ministro, pois esperam que o governo forneça informações mais pertinentes sobre as medidas concretas atualizadas que o país adotou para lidar com essa pandemia.
 
 
             Quanto tempo isso vai continuar ninguem sabe. Acompanhamos as notícias de perto, recebendo atualizações regulares e passamos muito tempo em oração, clamando ao Senhor por misericórdia e perdão.
             Minhas queridas irmãs, todas as manhãs eu conduzo a paraliturgia ... que aprendi com minhas muitas visitas ao Brasil nos últimos anos. Lembre-se de como as pessoas disseram: 'Preferimos a Missa das Irmãs à dos Padres' !! Todas as manhãs, faço a paraliturgia, tornando-a significativa para a nossa comunidade de cinco irmãs. Obrigada, minhas amadas irmãs brasileiras, por me ensinarem isso ... e, é claro, por vários outros aspectos que aprendi com vocês. 
             Sim, sabemos que levará muito, muito tempo para que o país e o mundo recuperem a normalidade ... em todos os aspectos da vida e da existência. Tudo o que podemos fazer é nos lançar no amor providencial do Pai e acreditar que tudo o que acontece é para a cura e a integridade da humanidade.
             Durante os próximos dias do Tríduo Sagrado, acompanharemos AO VIVO os cultos ... e receberemos a Comunhão no momento apropriado.
             Sim queridas irmãs, todos nós estamos nisso juntas e unidas no amor, na oração, continuamos a apoiar uma ao outra.
 
 
             Que nesta época da Páscoa, aproxime-nos de fé e esperança ao orarmos uma pelas outras. Bênçãos de paz na Páscoa e durante todo o período da Páscoa. Oramos, todos os dias, pela segurança de nossas irmãs, especialmente de nossos membros mais velhas.
 
 
 
             Com amor......FELIZ PÁSCOA!!
 
             Unidas na mesma missão de Jesus Cristo,
                      
                 Irmã  Lorraine Marie

(perdoe-me por erros)









Envie seu comentário

*Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.
topo voltar