Irmãs de São José de Chambéry do Brasil e Bolívia
Notícia
07/10/2019
Retiro Leigas e Leigos do Pequeno Projeto - Mato Gosso do Sul

“A travessia nasce no coração generoso, aberto, disponível, casa de acolhida e encontro, lugar fecundo de amor e alegria que nos torna portadores da UNIDADE!”

 

Sorrisos, abraços, sentimentos de paz, gratidão e encantamento pela vida, carisma e espiritualidade da Unidade. Assim,  concretizou-se no dia 22 de setembro, no  Assentamento Itamarati / Dourados,  o 1º RETIRO DOS LEIGOS/AS DO PEQUENO PROJETO da região do Mato Grosso do Sul, pertencente ao Núcleo Bom Pastor. Neste Assentamento as Irmãs de São José estão presentes  há 14 anos, dedicando-se com alegria, determinação e ousadia em amplos espaços sendo presença atuante e articulada na social e pastoral.

 

 

Com o Tema: Espiritualidade, Missão e Vocação dos LLPP e Lema: Para que todos sejam UM, um grupo de quarenta Leigos/as (ao todo são setenta membros) e Irmãs vivenciamos um tempo de alegre e generosa partilha do ser presença de renovada esperança na missão. A dinâmica profunda e envolvente de sensibilização  e oração inspirou cada um/a  a colocar-se na presença de Deus  abraçando  a vida, o universo, a Congregação e demais grupos; a sentir o perfume de Deus e espalhar notas vivas de amor, perdão e reconciliação consigo mesmo e com a humanidade, assim como a caminhada um gesto de confiança, entrega e prece pelas vocações. A reflexão,  partilha e envolvimento de todos/as fez deste dia um tempo de graça e bênçãos, de renovado elã e entusiasmo na vivencia de um jeito de ser que faz a diferença, nos diversos serviços e pastorais que cada um/a atua.

 

 

Gratidão a Deus e as Irmãs do Conselho pelo apoio , as queridas Irmãs Neuzabete, Olga e Maurilia pelo convite, acolhida e  possibilidade  de conhecer  os grupos de LLPP e espaços importantes da missão. São José e Pe. Médaille inspire luz e esperança para que o amor, a unidade e a alegria renovem e ampliem nossa presença a serviço da vida. 

 

 

 

“Ao nos sentirmos encantados por um carisma tão grandiosos e desafiador para nossos dias que é a vivencia da unidade, como Leigos/as do Pequeno Projeto somos chamados a viver a espiritualidade de comunhão e missão. Para que este movimento seja eficaz, é necessária a espiritualidade da comunhão que gera a abertura ao diferente. E esta diferença nos distingue, mas não nos separa. Espiritualidade de comunhão e missão significa respeito mútuo, diálogo, proximidade, partilha, benevolência e beneficência, esforço na prática da misericórdia, do perdão da reconciliação e da fraternidade, até o amor aos inimigos. Se expressa no serviço humilde, simples, gratuito às pessoas no cotidiano. Não se trata de fazer coisas extraordinárias, mas de ser sinal de alegria, esperança, coragem, solidariedade. É participar na missão das Irmãs e da Igreja, conforme o carisma pessoal, os dons, as possibilidades. Sem medo, mas com alegria de ser portador/a da unidade, da cura e reconciliação.”

 

 

Pelos Grupos/Irmãs  Olga, Maurilia, Neusabete e Arzila









Galeria de imagens

(53 imagens)

Envie seu comentário

*Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.
topo voltar