Irmãs de São José de Chambéry do Brasil e Bolívia
Notícia
16/07/2019
25ª Assembleia Geral Eletiva da CRB Nacional (AGE)

Nós, Irmãs de São José de Chambéry, tivemos a oportunidade de participar da Assembleia da CRB, de 10 a 14/07, em Brasília. A finalidade da 25ª AGE foi de celebrar a caminhada do triênio 2016 a 2019; definir o horizonte inspirador e as prioridades para o próximo triênio; avançar em processos de reflexão sobre a identidade da Vida Consagrada e eleger a nova diretoria nacional.

Como famílias congregacionais, consagradas/os, fomos desafiadas a fecundar os corações com a Profecia da Bondade e da Esperança em tempos de turbulência política, econômica e religiosa. O vinho novo da alegria fortalece e anima a jornada missionária

 

Ir. Katia Rejane Sassi, Ir. Gertrudes Salette Beal, Ir. Ilda Brandalise e Ir. Josiane Leopoldino Garcia



MENSAGEM DA XXV ASSEMBLEIA GERAL ELETIVA 2019 DA CRB


Reunidas e reunidos pelo Espírito do Senhor como Vida Religiosa do Brasil na XXV Assembleia Geral Eletiva, de 10 a 14 de julho de 2019, em Brasília-DF, nós, em torno de 450 participantes, vindas/os de vários recantos do Brasil e de outros países, vivemos a força revigoradora da Vida Religiosa Consagrada como espaço de discernimento e vida.


O tema escolhido para fundamentar a caminhada do próximo triênio foi “Consagradas e Consagrados em Missão” e o lema “Fazei tudo o que ele vos disser” (Jo 2,5), os quais nos impulsionam, como Vida Religiosa Consagrada, a estarmos sempre itinerantes, no seguimento a Jesus Cristo.


Muito nos alegrou a presença da Presidente da Conferência Latino Americana e Caribenha de Religiosos (CLAR), Irmã Gloria Liliana Echeverri, a qual nos interpelou inspirando-se no Papa Francisco, para a vivência dos valores do Reino, a sermos especialistas em comunhão, sair do ninho que nos contém, cuidar da formação integral, enriquecer a Igreja com nossos carismas e confiar em Quem nos conduz.


A atual conjuntura sócio-política-econômica nos mostra o fortalecimento de políticas neoliberais com mecanismos financeiros que retiram direitos e agravam a situação dos vulneráveis, submetendo-os a um cenário de escassez. É nossa missão suscitar esperança, resistência, em busca da verdade e da paz.


Manifestamos nosso apoio incondicional ao Papa Francisco e às suas propostas. Ele tem nos interpelados a um êxodo para a fronteira das necessidades humanas atuais. Insiste, entre outros aspectos, na sinodalidade como próprio ser da Igreja, na missionariedade, simplicidade, pobreza, misericórdia, pastores com cheiro de ovelhas e ecologia integral.


Como horizonte inspirador, nós, consagradas e consagrados em missão, movidos por uma mística profético-sapiencial e articulados institucionalmente, procuramos estar presentes onde a vida está ameaçada, responder aos desafios de cada tempo, tecendo relações humanizadoras e interculturais, ouvindo o clamor dos pobres e da terra, para que o vinho novo do Reino anime a festa da vida.


Para o próximo triênio, assumimos as seguintes prioridades: cultivar a mística profético-sapiencial; ouvir o clamor dos pobres e da terra; fomentar a intercongregacionalidade, a interculturalidade e a partilha dos carismas com leigas/os; promover relações humanizadoras e atenção diferenciada à cada geração na VRC.


Fazemos nossas as  palavras da Irmã Maria Inês Vieira Ribeiro, após a eleição: “eu desejo neste triênio que nos dediquemos mais às questões da Amazônia, da identidade da VRC, dos presbíteros religiosos, dos abusos sexuais na Igreja, do tráfico humano e do engajamento nas Políticas Públicas, em estarmos com os pobres e dos pequenos, para que sejamos uma vida consagrada masculina e feminina de acordo com o Espírito de Jesus”.


A exemplo de Maria, Mãe e  Discípula de Jesus Cristo, pedimos ao Espírito que dirija nossos passos e nos faça testemunhas do seu amor e da esperança. 


Brasília- DF, 14 de julho de 2019.









Galeria de imagens

(9 imagens)

Envie seu comentário

*Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.
topo voltar