Irmãs de São José de Chambéry do Brasil e Bolívia
Notícia
16/04/2019
Mensagem de Páscoa - Conselho Geral

Aleluia! Este é o dia em que Javé agiu: exultemo-nos e alegremo-nos com ele. (Sl 118)


Queridas Irmãs, Leigos e Leigas, Amigos e amigas, Bênção Pascais a cada um e a cada uma de vocês!


Nós olhamos para um túmulo vazio, um que era novo, que foi abençoado pelo corpo de Jesus e tornou-se outra vez vazio. Não era mais o mesmo túmulo. Pois ele foi transformado pela presença e graça do SIM dado por Jesus para à missão que o Pai lhe confiara.


No Evangelho deste ano para domingo de Páscoa, lemos sobre a experiência do vazio e do medo de Maria de Magdala, de Pedro e do discípulo que Jesus muito amava, ao verem que o corpo de Jesus não mais se encontrava ali. Mais tarde, ao serem saudados pelo Cristo ressuscitado, enchem-se de esperança e de vida nova. A cruz, o sepulcro vazio e Jesus que vem ao encontro de seus discípulos, após a ressurreição, são imagens do mistério pascal ou do mistério da "passagem", que celebramos hoje.


Nós também experimentamos nossa própria "passagem" ou transformações em nossa caminhada de fidelidade a Deus, cada vez que damos o nosso SIM para realizar a missão que o Pai nos concede. Essas transformações podem incluir a experiência de vazio, reconhecendo que aquilo que outrora guardávamos como verdade talvez não seja mais. O vazio pode ter uma riqueza de significados como parte da “passagem” de uma verdade para uma nova verdade, para mais esperança e para uma liberdade maior à medida que também damos nosso SIM a Deus. (João 8,32)


Em nossas “passagens”, qual é a verdade que abraçamos e de quais outras temos tido que deixar para trás?
Hoje, durante a Páscoa, celebramos nossa fé e esperança, nascidas inicialmente do testemunho desses primeiros discípulos que encontraram o sepulcro vazio e de sua relação profunda com o Cristo ressuscitado.


Que cada um e cada uma de nós, nesta Páscoa, seja abençoado/a com esperança renovada, uma “esperança bíblica que é a certeza de que as coisas finalmente têm um significado vitorioso, não importa como elas se revelem”. (R. Rohr)
Desejamos-lhes uma Páscoa de Alegria e dias vindouros cheios de esperança!


Com carinho,
                                                      Das Irmãs do Conselho Geral




Envie seu comentário

*Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.
topo voltar