Irmãs de São José de Chambéry do Brasil e Bolívia
Notícia
26/02/2019
Irmãs de São José participam de sessões na ONU

A Comissão de Desenvolvimento Social da ONU realizou de 11 a 15 de fevereiro de 2019 o 57° período de sessões com o tema: “Enfrentar as desigualdades e os obstáculos  da inclusão social  através de políticas fiscais, salariais e de proteção social”.  Participamos como Irmãs de São José de Chambery, de Buenos Aires e de Cúneo representando todas  as Congregações de São José e compartilhamos com vocês  um pouco do que vivenciamos nesses días. 


Antes das sessões, tivemos a oportunidade de participar de um dia com as Irmãs que desempenham um papel muito importante na ONU como representantes da ONG – Congregations of St. Joseph: Ir. Bárbara Bozak – Chambéry, representante da ONG-ONU; Ir. Suzanne Wilson – Canadá; Ir. Marianne Sennuk – Brentwood; Ir. Joan Atkinson- Canadá.


Neste espaço internalizamos a Organização da ONU e seu funcionamento, bem como o trabalho global que as Irmãs realizam como ONGs frente às Nações Unidas. Também compartilhamos a realidade de nossos países (México, Brasil e Argentina). Ou seja, os gritos do povo sofredor e como as decisões políticas e econômicas dos governos aumentam as desigualdades. É importante destacar que como Congregações de São José, fazemos parte da Coalizão de Justiça formada por religiosos (JCOR) composta por 18 congregações credenciadas pela ONU e dirigidas por religiosos católicos. Esta Coalizão visa fortalecer a capacidade dos religiosos que estão trabalhando em comunidades e que têm representação nas Nações Unidas.

 

A Congregação de São José está presente em 46 países e nos cinco continentes.


Constatamos como a influência de ONGs, como Congregações de São José junto a outras congregações, têm defendido com os líderes políticos nacionais e delegados do governo na ONU para promover o bem comum; a ponto de instalar na agenda da próxima Assembleia o tema sugerido por essas ONGs.

 

Profundamente gratas pela oportunidade de participar desta Assembleia, convidamos cada Irmã e cada comunidade a oferecer sua contribuição, uma vez que tudo o que fazemos, ainda que pequeno, tem um impacto significativo para o trabalho na ONU.  Cada uma dentro de suas possibilidades, com a oração, com ações solidárias ou concretas, pode ajudar na transformação do mundo.”

 

Ir. Nilva Dal Bello (Chambery – Brasil)

Hna. Rita Bosch (Buenos Aires-Argentina)

Hna Paulina Oviedo (Cuneo – Argentina)








Galeria de imagens

(1 imagens)

Envie seu comentário

*Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.
topo voltar