Irmãs de São José de Chambéry do Brasil e Bolívia
Notícia
26/11/2018
PROJARI brilha na celebração do Dia do Pobre

               A Arquidiocese de  Porto Alegre atendeu ao apelo do Papa Francisco e celebrou no dia 18 de  novembro o Dia do Pobre. A atividade coordenada pela Dimensão da Justiça, Caridade e Paz envolveu paróquias e entidades que atuam no desenvolvimento de projetos sociais. A Praça da Matriz de Porto Alegre foi transformada num espaço de exposição e apresentações culturais.  Um dos destaques da atividade foi a presença do PROJARI. As oficinas de Hip Hop e Capoeira movimentaram os participantes.


O Hip Hop deu um show com apresentações dos grupos infantil e juvenil, que mostraram com a dinâmica da  dança de rua o apela pela construção da paz e da convivência pacífica. Com a apresentação da coreografia Pérola Negra, o grupo tornou presente a Semana da Consciência Negra que representa um movimento de luta e resistência do povo negro.


Os participante da Capoeira encantaram o público pressente com uma atividade de envolvimento. Até pessoas da terceira idade participaram dos exercícios e da interação com os capoeiristas do PROJARI. O instrutor Trovão contou a história da capoeira e explicou a importância dos movimentos e do jogo que envolve as duplas participantes.  


Durante a missa na Catedral Metropolitana, o Arcebispo Dom Jaime Spengler afirmou que celebrar o Dia do Pobre é para não esquecer das pessoas expostas á miséria, a falta de trabalho, a falta de educação de qualidade e de outras expressões da miséria. "A injustiça é a causa diabólica da pobreza. A concentração da riqueza nas mãos de poucas pessoas é a expressão da origem da miséria". Ao final da celebração, Dom Jaime questionou a ausência e a inoperância do poder público nos programas de desenvolvimento social. "O aumento dos presídios e a redução da maioridade penal são assinatura do decreto de incompetência para enfrentar os problemas sociais".

 








Galeria de imagens

(4 imagens)

Envie seu comentário

*Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.
topo voltar