Irmãs de São José de Chambéry do Brasil e Bolívia
Fale Conosco
Memorial Saudades
Theresinha de Oliveira Cardoso

 10/01/1935     22/02/2021



Província da Congregação das Irmãs de São José de Chambéry no Brasil

 

Irmã Theresinha de Oliveira Cardoso

* 10/01/1935

+ 22/02/2021

 

“Inseridas no povo de Deus, trabalharemos para criar um mundo mais justo e fraterno, onde cada pessoa seja reconhecida em sua dignidade de filha de Deus”.  (Const. das Irmãs de São José de Chambéry)



Irmã Theresinha Cardoso nasceu em São Francisco de Paula no dia 10 de janeiro de 1935. Era filha de Maria Firmina de Oliveira Cardoso e de Heráclito de Andrade Cardoso que tiveram quatro filhos. Segundo ela mesma descreve, sua infância e até 14 anos de idade, foi a melhor etapa da vida, vivendo na tranquilidade, em meio à natureza, ajudando a mãe no serviço da casa, sem ilusões, sem malícia, tudo era bonito, tudo era sagrado. As missas que podia assistir eram celebradas na casa dos pais, onde os vizinhos eram convidados e ninguém faltava, pois a igreja ficava muito longe de onde moravam.



Irmã Theresinha confessa: “Meus pais tinham pouca cultura religiosa, mas possuíam uma fé simples e profunda e que a mãe a expressava dizendo: ‘Deus é grande, é bom, é forte. Deus, somente Ele, não tem fim!”.



Aos 14 anos, conheceu as Irmãs de São José e encantou-se com seu testemunho que revelava o que é e como vive uma Religiosa consagrada. Aos 24 anos, fez o primeiro engajamento na Congregação das Irmãs São José, em Garibaldi. Formada em Belas Artes e com Licenciatura em Desenho, exerceu a função de professora nos Colégios São José de Pelotas e Antônio Prado. Em 2006, passou a residir em Caxias do Sul onde trabalhou na Biblioteca do Colégio São José e dedicou-se também à Pastoral Paroquial. Irmã Theresinha dizia que a alegria que sente em viver a Vida Consagrada a ajuda a superar as dificuldades e os desafios que encontra na caminhada.



Quando falamos da vida de Irmã Theresinha é necessário salientar o que ela mais ouviu dizer a respeito dela mesma, dito por pessoas que conviveram com ela: “Você está sempre pronta para ajudar!” ou “Você sabe usar os seus dons a serviço dos outros!” E é sobretudo isso que define Irmã Theresinha. Muito habilidosa, tudo fazia com perfeição e beleza.



Nos 36 anos que viveu em Antônio Prado, muito se dedicou à Pastoral da Terra. Procurava aproveitar das oportunidades que lhe eram oferecidas, a fim de dar uma resposta atual e inserida na realidade bem como às exigências tanto do trabalho de Evangelização como da vivência do Carisma da Irmã de São José. Nesse sentido, participou de um curso Latino Americano, também de uma experiência de intercâmbio na Nicarágua e da Sessão de Espiritualidade das Irmãs de São José, na França. Gostaríamos de deixar aqui registrado o depoimento da Paróquia de Antônio Prado que muito bem resume toda a vida de Irmã Theresinha de Oliveira Cardoso como Irmã de São José e como artista que ela foi tanto na função de professora como no trabalho de Pastoral que ela exerceu: “Por muitos anos ela foi a responsável pela confecção dos Presépios na Igreja Matriz, das encenações de Natal e Páscoa, pela coordenação da catequese e diversas pastorais... Com seus dons artísticos contribuiu muito também com a Diocese de Caxias do Sul... Obrigada, Irmã Theresinha, por seu trabalho e carinho pela nossa comunidade. Deus a receba de braços abertos. Descanse em paz!”



A CNBB, Regional Sul 3, também se manifesta agradecendo a Irmã Theresinha de Oliveira Cardoso por ter criado e gentilmente cedido as belas gravuras que ilustram o subsídio da Via Sacra da CF de 2021.



O lema que acompanhou Irmã Theresinha foi: “Com São José, imitar Maria e irradiar Jesus”, que servia de meta, dizia ela, para concretizar o Pequeno Projeto de Padre Jean Pierre Médaille.



Irmã Theresinha Cardoso faleceu no dia 22 de fevereiro de 2021, com 86 anos de vida e com 62 de Vida Religiosa Consagrada.



Querida Irmã Theresinha, muito obrigada pelo trabalho realizado em favor da Congregação das Irmãs de São José. Além dos muitos cartazes e escritos, banners, faixas, ilustrações de diversos subsídios, salientamos o Diorama de São José visto e apreciado por muitas e muitas pessoas. E na gratidão, te dizemos: “Vai em paz. Que o Senhor acolha tua vida como acolheu muitas outras vidas vitimadas pela COVID 19. Fica na Paz de Deus!”


Caxias do Sul, 24 de fevereiro de 2021.

 

Observação: Está sepultada no Cemitério Público Municipal de Garibaldi.