Irmãs de São José de Chambéry do Brasil e Bolívia
Fale Conosco
Memorial Saudades
Clementina Gemelli

 23/11/1932     13/01/2021



Província da Congregação das Irmãs de São José de Chambéry no Brasil

Irmã Clentina Gemelli

* 23.11.1932

+ 13.01.2021

 

“A fecundidade de nossa ação apostólica depende da intimidade com Deus. Ação e oração alimentam-se mutuamente”. (Constituições das Irmãs de São José) Irmã Clementina Gemelli, coração e vida missionárias, nasceu em Concórdia, Santa Catarina, no dia 23 de novembro de 1932. Filha de Vitório e Catarina Gemelli, foi a 11ª filha, gêmea com o Padre Luis Gemelli.


Dos pais herdou a fé, o ensinamento e o testemunho de valores humanos e cristãos, especialmente, o amor à reza do terço, à oração, ao trabalho e à participação nas celebrações na Igreja.


Irmã Clementina confessa que sentiu o chamado a seguir Jesus na Vida Religiosa Consagrada durante uma bênção do Santíssimo Sacramento.


Nutria grande amor e interesse a tudo o que se referia à família. Interessava-se e comungava com as conquistas, sucessos, bem estar de cada familiar e recomendava a Deus quando as dificuldades e o sofrimento se faziam presentes na sua vida.


Formada em Pedagogia e Supervisão Escolar, exerceu, com total dedicação, a função de professora nos Colégios São José de Caxias do Sul e Santa Inês, em Garibaldi. Em Pelotas, trabalhou durante 16 anos na Secretaria de Educação, orientando as Escolas no que se referia ao Ensino Religioso. Em tudo o que realizava, deixava sua marca de pessoa feliz, realizada, centrada no essencial da existência que é servir com alegria, gastando a própria vida por amor de Deus presente na História.


Em 1985, foi solicitada a integrar as Comunidades de Formação em Dourados e depois  Fátima do Sul, MS, onde organizou, com muita eficiência, os grupos bíblicos e em 1998, foi para Colorado do Oeste, Rondônia, animada sempre pela Causa do Reino de Jesus, que se revela nas diferentes realidades deste mundo. Integrou, ainda, as comunidades de São Marcos, Flores da Cunha, RS, dedicando-se à Pastoral Popular e no Serviço de Animação Vocacional.


Irmã Clementina entendeu e viveu o estar disponível à Vontade de Deus que chama, consagra e envia para a missão de Comunhão. Sempre foi muito zelosa em cultivar relações de qualidade alimentadas pelo diálogo, escuta, perdão, acolhida, e com a Mãe Natureza, pelo cuidado. Era pessoa feliz. Ao celebrar 50 anos de Vida Religiosa Consagrada, foi solicitada a expressar uma alegria que teve como Irmã de São José. E a resposta: “Para ser bem sincera, eu sempre fui muito feliz tanto nos momentos de êxito e felicidade como nos de crise, de lutas e desafios. Destaco como plenamente feliz o dia de minha Primeira Profissão.”


Destacou-se pela fidelidade à oração pessoal diária, baseada na Palavra de Deus. Cultivava devoção à Eucaristia, a Maria Santíssima e São José. Dizia: “O carro que não para no posto para abastecer, para na estrada”.


No ano de 2011, iniciou sua nova caminhada na Casa Nazaré em Caxias do Sul. Foi um período dedicado à oração, contemplação dos mistérios fundantes da Congregação: Encarnação do Verbo, Santíssima Trindade e Eucaristia. Sentia-se tocada pelas palavras das Constituições das Irmãs de São José: “A intimidade com o Senhor é uma exigência de nossa Vocação. A contínua busca do Deus vivo faz crescer nosso olhar de fé, transforma nosso ser”. Irmã Clementina Gemelli faleceu no dia 13 de janeiro de 2021 aos 88 anos de idade e 69 de Vida Religiosa Consagrada.


Querida Clementina, partiste para o Pai. Tua vida foi uma entrega confiante a esse Deus que hoje te acolhe na felicidade eterna. Admiramos muito teu jeito de ser, fazer e de se relacionar com as Irmãs, incentivando sempre para uma vivência radical da Consagração Religiosa. Intercede junto a Jesus por nós, Irmãs de São José, teus familiares. Alcança uma bênção de paz, fortaleza e saúde para as Irmãs e funcionárias da Casa Nazaré onde partilhaste da vida dessa Comunidade por nove anos.


Fica na Paz de Deus.


Caxias do Sul, 13 de janeiro de 2021.