Irmãs de São José de Chambéry do Brasil e Bolívia
Memorial Saudades

Gema Galiotto

 02/09/1932     05/04/2020



Província da Congregação das Irmãs de São José de Chambéry no Brasil

Núcleo “Caminho Novo”

 

                                                                                                Irmã Gema Galiotto

 



                                                                                                                                             * 02/09/1932

                                                                                                                                            + 05/04/2020

 

Irmã Gema Galiotto nasceu no dia dois de setembro de 1932, em Nova Pádua, RS. A família era numerosa, 18 irmãos, sendo que um filho, seguiu a vida sacerdotal, Pe. Antônio Galiotto (falecido). Na precariedade, a família lutava para o sustento do dia a dia, sempre tendo o necessário para uma alimentação saudável.

Os pais, Maximiliano e Cândida, sabiam incutir nos filhos o amor à família, o cultivo da fé e a necessidade da oração. A mãe era parteira, profissão que fazia por amor, gratuitamente.

Desde pequenos, os irmãos foram acostumados a participar da missa e da reza do terço em comunidade, que era solidária, vivia unida e partilhava os bens e os dons em benefício de todas as famílias. E foi nesse ambiente comunitário que Irmã Gema sentiu o desejo de ser Irmã de São José. Após discernimento pessoal e ajudada pelo pai, decidiu ser Religiosa, já com sonhos e projetos que se propunha a torná-los realidade, como o de ser uma Irmã missionária e parteira como a mãe.

Irmã de São José fez o primeiro engajamento na Congregação no dia 16 de dezembro de 1953 em Garibaldi. Com o curso de pós-graduação em Pediatria, exerceu sua profissão, primeiro como auxiliar de enfermagem e depois como enfermeira nos Hospitais Nossa Senhora de Oliveira, em Vacaria e Nossa Senhora da Saúde, em Caxias do Sul.

Em 1970, assumiu a Missão em Pastos Bons/MA, onde marcou profundamente aquela população, padres e o bispo pelo seu modo de ser maternal e competência. “Ir. Gema foi uma mãe para nossa congregação dos Colombianos”, dizia um sacerdote desta congregação.  Em 1980 foi transferida para São Raimundo das Mangabeiras também em Maranhão, trabalhando sempre na saúde preventiva/curativa e Pastoral da Saúde. Em Paraibano, MA, Irmã Gema assumiu, com coragem e criatividade, a Saúde da Família e a organização da Creche Vila Leão onde conseguiu recuperar crianças com desnutrição grave.

Era procurada de dia e de noite para atendimento a gestantes. Além do campo da Saúde, muito ajudou na formação de lideranças e catequistas, tanto da cidade como do interior, passando adiante os conhecimentos que tinha no campo. Na vida comunitária, gostava de preparar gostosos manjares, pois sabia muito bem fazer comidas. Gostava do silêncio e da interiorização. Enriquecia a vida espiritual através de leituras e meditações. Era pessoa calma e dificilmente magoava alguém.

Em 2003, Irmã Gema festejou os 50 anos de Vida Religiosa, ocasião em que recebeu a gratidão e admiração do povo pelo seu grande amor e proteção à vida, em especial, à vida fragilidade de crianças e mulheres.

Em 2012, após sua longa peregrinação de 42 anos no Nordeste, foi convidada a integrar a comunidade da Casa Nazaré, em Caxias do Sul, para um período de descanso e recuperação, onde viveu tranquila, dedicando-se à oração, escuta e diálogo. Foi um tempo de recordar e reviver sua trajetória de Vida e Missão como Irmã de São José.

Querida Irmã Gema, hoje, Deus, o Senhor da vida, te acolhe no seu Reino a quem serviste durante tua peregrinação nesta terra.

Somos gratas pelo teu amor às pessoas, em especial, às mais vulneráveis, que te fizeram ser missionária da Saúde pela doação incansável, pela acolhida incondicional às pessoas que de ti se aproximavam ou das que tu te aproximavas. Alcança-nos do Senhor a graça de sermos Irmãs de São José fieis ao nosso Carisma missionário, amar e cuidar da vida ameaçada e viver o essencial que, segundo tu mesmo expressavas, é viver a intimidade com Deus.

Suplica a Deus uma especial bênção a todas as pessoas que te cuidaram e te prestaram todo o atendimento possível, alcança de Deus a graça aos teus familiares para que sejam felizes, vivam com saúde e tenham sempre a paz que é grande dom do Senhor.

Irmã Gema Galiotto faleceu no dia cinco de abril, Domingo de Ramos, aos 87 anos de existência e 66, de Vida Religiosa Consagrada.

Caxias do Sul, 05 de abril de 2020.

 

NOTA: Foi sepultada em Nova Pádua, no jazigo da família, atendendo o desejo desta.






topo voltar