Irmãs de São José de Chambéry do Brasil e Bolívia
Memorial Saudades

Anais Luvisão

 03/03/1927     04/01/2019



                   NÚCLEO SÃO JOSÉ

                                                                                              

                                                                                              Nome Civil:    Judith Luvison                                         

                                                                                               * Nascimento:  03/03/1927

                                                                                              + Falecimento: 04/01/2019  

           “Minha esperança está em ti.” (Sl 39,7)                                         


Em Veranópolis/RS, na família do casal Eduardo Luvison e de dona Maria Pértile Luvison, aos 03 de março de 1927 nasce a pequena Judith.  Ela era uma entre os 18 filhos do casal, sendo 9 mulheres e 9 homens. Pertencente a uma família que cultivava valores humanos e religiosos, rezavam em casa, participavam da comunidade. Os filhos foram encaminhados nos valores éticos e cristãos. Com isso, quatro filhas seguiram a vida religiosa, duas como Irmãs da Congregação de Nossa Senhora Aparecida e duas como Irmãs de São José. Os pais sempre rezavam pedindo que os filhos escolhessem a vocação que Deus os chamava. Guardava com carinho a lembrança de ter tido uma família temente a Deus e que sempre a ajudou e orientou a nível espiritual e a apoiou  a nível material.


Desde os 12 anos, desejava ser Irmã, mas somente aos 16 anos, ingressa no internato em Veranópolis/RS. No dia 26 de fevereiro de 1946 inicia a etapa do Postulado no Convento São José em Garibaldi/RS, no dia 08 de dezembro do mesmo ano, é admitida à etapa do noviciado onde passa a ser chamada de Irmã Anais, vindo a fazer sua primeirta profissão religiosa no dia 09 de dezembro de 1947 e entregando-se definitivamente a Deus e aos irmãos, como Irmã de São José, no dia 26 de julho de 1953. Lembrava  com carinho e gratidão a decisão tomada para seguir a Vida Religiosa e como foi muito bem acolhida.


Exerceu sua missão como auxiliar de enfermagem em várias localidades: Porto Alegre, Antônio Prado, Vila Segredo, Esmeralda, Vacaria, Cacique Doble no RS e em Concórdia, Chapecó e Faxinal dos Guedes em SC. Sentia alegria em atender as pessoas fragilizadas em sua saúde, seja nos hospitais ou nas famílias. Procurava passar confiança, especialmete às mães que estavam para dar a luz, cuidando e protegendo a vida. Os encontros, cursos, retiros e espiritualidade proporcionados pela Congregação, a ajudaram a manter firme na caminhada e fidelidade como Irmã de São José. Gostava de rezar o terço, meditar a Palavra de Deus e participar diariamente da Eucaristia. Destacava o carinho, atenção e cuidado dedicados a ela em todos os momentos de sua vida. Agradecia por ter sido recebida na Congregação, tudo o que recebeu de bom durante a vida, as comunidades e Irmãs que conviveu e que com elas  cresceu e pode fazer o bem, agradecia a todas as pessoas que passaram na  sua vida.


Buscava ler  e meditar a  Bíblia, textos da Congregação, Revista Convergência, a vida dos santos. Buscava informações através da leitura de jornais e outros subsídios que a deixavam ao par da situação em que se encontrava.


Suas devoções específicas eram à Sagrada Família, Nossa Senhora de Lourdes, no uso contínuo do Escapulário. Alguma jaculatórias eram repetidas e rezadas com muita frequência, entre elas: Jesus, Maria e José, rogai por nós; Jesus manso e humilde de coração, fazei nosso coração semelhante ao vosso; Jesus, eu vos amo e tenho confiança em vós; Jesus, Maria e José, assisti-me na última agonia, Jesus,Maria José, expire a minha alma em vossa companhia; Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós, entre outras. Gostava tambem de rezar as Ladainhas do Coração de Jesus, Nossa Senhora e de São José.


O que a deixava feliz era ter saúde, alegria de viver, amizades e estar de bem cosigo mesma. Sonhava viver bem, evitar o que não é bom e amar a Deus e ao próximo. Mesmo com a idade avançada mantinha o olhar e o coração voltado para as necessidades das pessoas que mais necessitavam.


Necessitando de maior atendimento e cuidado em sua saúde, em 2016 passa a integrar a Comunidade São José do Patrocínio, em Vacaria/RS. Nesta comunidade, sempre foi atenta e disponível nas atividades que ainda podia contribuir. Estava atenta também em acompanhar e ajudar as Irmãs que se encontravam mais debilitadas.


Com o passar dos tempos suas forças físicas foram diminuindo e aos poucos foi fazendo a entrega da sua vida Àquele que foi a razão da sua entrega aos irmãos e em quem tinha sua esperança. Ir. Anais parte dfefinitivamente para junto de Deus no dia 04 de janeiro de 2019 contando com 91 de vida e 71 de Vida Consagrada como Irmã de São José.


Ir. Anais, receba de Deus a recompensa pela vida colocada a serviço de tantas pessoas que se aproximaram da sua pessoa. Do céu, continue olhando pelos seus familiares e amigos que sentem sua partida, pede a Deus para que nós Irmãs possamos continuar nosso caminho de fidelidade e coerência ao chamado que recebemos.


Após missa celebrada na Capela Funerária Sagrada Família em Vacaria/RS, o corpo de Ir. Anais foi sepultado no Jazigo das Irmãs de São José, no Cemitério Municipal Santa Clara em Vacaria/RS.

 

 

 

Vacaria/RS, 04 de janeiro de 2019.

 






topo voltar