Irmãs de São José de Chambéry do Brasil e Bolívia
Notícia
01/07/2017
Irmã de São José recebe homenagem em Bolívia

Irmã de São José recebe homenagem em Bolívia

 

No dia 24 de junho de 2017, em Cochabamba, Bolívia, Irmã Zelinda Rosin, recebeu o título de “Gestora e Defensora do Patrimônio Cultural” do Estado Plurinacional de Bolívia. O reconhecimento e homenagem foram conferidos pela CONFOBOL – Confederação Nacional do Folclore Boliviano, cuja sede é em La Paz. Irmã Zelinda foi reconhecida pela sua contribuição e dedicação incondicional à Integração Nacional, espírito de Serviço e Compromisso Social para com a sociedade de Cochabamba e do Estado Plurinacional de Bolívia.

 

Irmã Zelinda Rosin é natural de Vacaria, Rio Grande do Sul, Brasil e, desde 1989, vive sua missão de Irmã de São José em solo boliviano. Desde que chegou em Cochabamba, além de desempenhar atividades relacionadas à formação, dedicou-se aos mais pobres assumindo a coordenação de 14 “comedores”. Comedores é o nome dado ao Projeto Social que objetiva ao atendimento de uma das necessidades básicas do ser humano, alimentação. Para muitas das crianças e idosos esta é a única refeição do dia. Dos 14 comedores, hoje apenas 4 estão em funcionamento, pois os recursos são escassos e 10 deles tiveram que ser fechados. Nos 4 comedores ativos, são atendidas de segunda a sexta-feira 450 crianças e 35 idosos. Os pais contribuem com a manutenção doa mesmos aportando 7 pesos bolivianos, ou seja, o equivalente a 1 dólar semanal.

 

A medalha e o certificado conferidos à Irmã Zelinda, registram o grande zelo apostólico, o amor aos pobres e responsabilidade em promover os valores e a cultura do povo boliviano.

                                                                                                                             Irmãs Gabriella e Madina

 






Galeria de imagens

(2 imagens)

Envie seu comentário!!!
*Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.
topo voltar