Irmãs de São José de Chambéry do Brasil e Bolívia
Notícia
29/06/2017
Papa Francisco vem a América Latina duas vezes em 4 meses

Papa vai visitar Chile e Peru em janeiro de 2018

Francisco vem a América Latina duas vezes em 4 meses


O Papa Francisco vai visitar o Chile e o Peru de 15 a 21 de janeiro de 2018, naquela que vai ser a sua quarta viagem à América do Sul.

O Papa Francisco, estará no Chile de 15 a 18 de janeiro, passando por Santiago, Temuco e Iquique; no Peru, o Papa permanece nos dias 18 a 21 do mesmo mês, visitando Lima, Puerto Maldonado e Trujillo.

Será a primeira visita de um papa ao Peru em 30 anos - João Paulo II visitou o país, em 1985 e 1988, quando havia um sangrento conflito armado interno entre as forças de segurança e a guerrilha Sendero Luminoso.


Francisco vai visitar a Colômbia, de 6 a 10 de setembro deste ano. Ele fará um pedido pela reconciliação do país, que está imerso na evolução dos acordos de paz com as FARC.

O pontífice estará em Bogotá, Medellín, Villavicencio e Cartagena. É a terceira viagem de um papa à Colômbia após as realizadas em 1968.  Francisco aterrissará em Bogotá em 6 de setembro e voltará a Roma no dia 10. De acordo com a Santa Sé, a duração da visita, que será somente na Colômbia.


Agenda do Papa na Colombia

Foi divulgado esta sexta-feira, 23, o programa da Viagem Apostólica do Papa Francisco à Colômbia, de 6 a 11 de setembro. Esta será a quinta viagem à América do Sul.

O Pontífice partirá do Aeroporto Fiumicino, em Roma, na quarta-feira, 6 de setembro, às 11h (Roma), devendo chegar à área militar do Aeroporto de Bogotá às 16h30, onde haverá uma cerimônia de boas-vindas.


7 de setembro

O primeiro compromisso do Papa na quinta-feira, será o encontro com as autoridades na Praça das Armas da “Casa de Nariño” – onde o Papa fará seu primeiro pronunciamento em terras colombianas –  seguido pela visita de cortesia ao Presidente da República, no Salão Protocolar da Casa de Nariño.

Sempre no horário colombiano, às 10h20, o Papa visita a Catedral de Bogotá e às 10h50 abençoa os fiéis da sacada do Palácio Cardinalício. Às 11 horas mantém um encontro com os bispos colombianos no próprio local, onde fará um discurso.

Na parte da tarde, às 15 horas, encontro com o Comitê Diretivo do CELAM, na Nunciatura Apostólica, quando fará outro discurso. Às 16h30, Francisco presidirá uma Missa no Parque Simon Bolivar.


8 de setembro

Às 7h50, o Pontífice parte do Aeroporto de Bogotá para Villacencio, onde deverá aterrissar na Base Aérea de Apiay às 8h30min.

Às 9h30, preside uma Missa no terreno CATAMA.

Na parte da tarde, às 15h40, o grande Encontro de Oração pela Reconciliação Nacional, no Parque Las Malocas, onde deverá fazer mais um discurso.

Às 17h20, uma parada na Cruz da Reconciliação, no Parque de los Fundadores

Às 18 horas, o retorno para Bogotá, onde deverá chegar às 18h45.


9 de setembro

Às 8h20, partida do Aeroporto de Bogotá para Rio Negro, onde deverá aterrissar às 9h10 na Base Aérea local.

Às 9h15, transferência em helicóptero ao Aeroporto de Medellin.

Às 10h15, Missa no Aeroporto Enrique Olaya Herrea de Medellin,

Na parte da tarde, às 15 horas, encontro no Hogar San José.

Às 16 horas, está previsto um encontro com sacerdotes, religiosos, religiosas, consagrados e consagradas, seminaristas e suas famílias, no Estádio coberto La Macarena.

Terminado o encontro, o Papa se transfere em helicóptero até a Base Aérea de Rio Negro, de onde parte às 17h30 para Bogotá, onde deverá chegar às 18h25.


10 de setembro

Às 8h30, o Papa parte para Cartagena, onde deverá chegar às 10 horas.

Às 10h30, abençoa a pedra fundamental das casas para os sem-teto e da Obra Talitha Kim, na Praça de São Francisco de Assis.

Às 12 horas, o Papa reza o Angelus com os fiéis reunidos na Igreja de San Pedro Claver.

Às 12h15, visita à Casa Santuário de San Pedro Claver.

Às 15h45, o Papa se transfere em helicóptero da Base Naval à área portuária de Contecar, onde às 16h30 preside à Missa.

Às 18h30, se transfere em helicóptero a Cartagena.

Às 18h45, as cerimônias de despedida da Colômbia, partindo então para o Aeroporto de Ciampino , em Roma, aonde deverá chegar na segunda-feira, 11 de setembro, às 12h40min.


Em mais 50 meses de pontificado, o Papa fez 19 viagens internacionais, nas quais visitou o Brasil, Jordânia, Israel, Palestina, Coreia do Sul, Turquia, Sri Lanka, Filipinas, Equador, Bolívia, Paraguai, Cuba e Estados Unidos da América, Quénia, Uganda, República Centro-Africana, México, Arménia, Polónia, Geórgia, Azerbaijão, Suécia, Egito e Portugal, bem como as cidades de Estrasburgo (França), onde passou pelo Parlamento Europeu e o Conselho da Europa, Tirana (Albânia), Sarajevo (Bósnia-Herzegovina) e Lesbos (Grécia).


Redação Jornal Correio Riograndense



Envie seu comentário!!!
*Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.
topo voltar