Irmãs de São José de Chambéry do Brasil e Bolívia
Notícia
22/05/2017
Alto Boa Vista, São Felix do Araguaia/MT

UM PRESENTE INESQUECÍVEL

VIVÊNCIAS INESQUECÍVEIS!

 

Bênçãos e mais bênçãos! Graças e mais graças, foi para nós, Ir. Irena Pilz, Ir. Stella Brunetta e para as pessoas que reencontramos no Alto Boa Vista, em São Felix do Araguaia/MT, de 11 a 16 de maio de 2017. A prova era a alegria vibrante em cada encontro!


Muitas Irmãs de São José, corajosas e ousadas, ali atuaram por muitos anos.


Entre elas, Ir. Irene Franchesquini, que continua viva em São Félix no “Centro Comunitário Tia Irene”, assim chamada por ter-se encarnado na realidade do povo e, no Alto Boa Vista, Ir Maria Cacilda dos Santos, homenageada com uma pedra sob o painel da Trindade, visível dentro e fora da Igreja.  Elas, como as que com elas colaboraram, tinham um sonho: ver construído um lugar sagrado para a realização das celebrações. Infelizmente as duas Irmãs não tiveram o privilégio de ver o Santuário, pois o Pai as convidou para o convívio eterno.


A convite da comunidade do Alto Boa Vista, a Província gentilmente escolheu-nos para participar da Dedicação do Santuário Nossa Senhora de Fátima, no dia 13 de maio de 2017, representando todas as Irmãs que lá trabalharam.


Que Santuário! O painel da Trindade, pintado pelo Pe. Maximino Cereso, ocupa a parede central, acolhendo a todos. Os símbolos provocam e alimentam a fé! Um grande peixe no assoalho, chegando até a porta de entrada, representa o espaço central, vazio, ponto de encontro com o Deus vivo. Os bancos em círculo expressam a comunhão e igualdade de todos os participantes. Doze cruzes com velas, nas três paredes, falam dos fundadores da Igreja. A pia batismal, com água jorrando! Logo à frente, o Círio Pascal onde o batizado acende a vela e assume seu compromisso, iluminado e renovado pela Palavra proclamada no âmbão.


No lado oposto, está a Mesa do Pão que educa para a partilha. Nela foram colocadas as relíquias de cinco mártires, não podendo faltar a do Pe. Jesuíta João Bosco Penido Burnier; mártires cujo sacrifício é continuação da oferta de nossas vidas pela construção do Reino.


A Dedicação da Igreja, com uns quinhentos participantes, foi belíssima e digna de ser televisionada!


O espírito da Prelazia, envolvendo os quinhentos participantes: crianças, adultos, idosos, o Bispo Dom Adriano, cinco Sacerdotes, seminaristas, religiosas, cantos vibrantes, aspersão, flores, incenso, mostram uma Igreja realmente Povo de Deus!


O grão de mostarda, sonho do Pe. Médaille, germinou e, tendo a comunidade passado por dois grandes abalos, levantou-se, cresceu, fortificou-se com a missão carinhosa e firme do Pe. Carlo Pellegrino e do Seminarista Daniel Carvalho da Silva.

 

Nós, Irmãs Irena e Stella, pudemos reviver toda uma história de salvação construída ao redor da coluna central de Dom Pedro Casaldáliga que, na fragilidade de seu corpo e no semblante angelical, revela e expressa que a fidelidade ao Evangelho e o seguimento radical de Jesus Cristo produzem frutos de vida e comunhão, que nada nem ninguém podem destruir.


Agradecemos imensamente a Deus e à Província essa oportunidade que tivemos e que nos firmou em nossa missão.

 

 

Ir. Gema Stella Brunetta

 

 






Galeria de imagens

(6 imagens)

Envie seu comentário!!!
*Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.
topo voltar