Irmãs de São José de Chambéry do Brasil e Bolívia
Memorial Saudades

Irmã Ana Lúcia Picolotto

 28/08/1935     10/07/2015



      Irmãs de São José de Chambéry

       Província de Lagoa Vermelha,RS

 

 

        IRMÃ ANA LÚCIA ( ANIEZE MARGARIDA PICOLOTTO)

                                       

        * Nascida em:  28.08.1935

        +.Falecda em: 10.07.2015

 

“Por que te perturbas, porque te preocupas?

Lança em mim toda preocupação”.

 

          Em Ibiaçá/RS, no dia 28 de agosto de 1935, a família de Pedro Picolotto e Luiza Susin foi agraciada com o nascimento da filha Aniezi Margarida.

           Neste lar, bebeu na fonte da fé e cresceu no exemplo, testemunho de honestidade, esforço, superação das dificuldades e atenção aos mais necessitados. Família de profunda vivência dos valores Evangélicos e cuidados especiais para a formação religiosa de seus filhos. Na simplicidade de seus pais aprendeu como ser toda de Deus e procurar sempre fazer o melhor e querer bem a todos.

É deste chão que brotou a semente da vocação para a vida cristã e religiosa. Ela guardava agradável memória, recordando com alegria a família, os parentes, os vizinhos, o lugar onde viveu sua infância e parte da adolescência.  Fez seus primeiros estudos na Escola Municipal de Ibiaçá e na Escola Santa Teresinha de Sananduva.

         

Motivada e atraída pelo jeito de viver das Irmãs de São José, em 25 de fevereiro de 1954, ingressa no postulantado do Convento São José, em Garibaldi. Em 17 de dezembro do mesmo ano, recebe o hábito das Irmãs de São José e inicia o Noviciado. Tempo de muita preparação, escuta e oração para o discernimento no seguimento de sua vocação, segundo a vontade de Deus. A cada dia a vontade de seguir o Senhor como Religiosa Consagrada ia ficando mais clara. Decidida, prossegue a caminhada, fazendo a primeira profissão em 17 de dezembro de 1956.

Após sua formação religiosa continuou seus estudos acadêmicos: Curso Ginasial na Escola Nossa Senhora Auxiliadora - Porto Alegre, Curso Normal de Férias na Escola Normal São José - Caxias do Sul e Pedagogia na Universidade de Passo Fundo/RS.

          Iniciou sua atividade apostólica na Casa da Criança Nossa Senhora Auxiliadora, em Porto Alegre/RS. Desde muito cedo se destacou por um carisma especial: educadora e excelente alfabetizadora. Atuou na educação nas Escolas Santa Teresinha - Sananduva e no Colégio Rainha da Paz - Lagoa Vermelha/RS.

          Em 1997, passou a integrar a Comunidade de formação no Noviciado da Vila Hípica, em Passo Fundo. Após um tempo de muita dedicação na comunidade, na visita às famílias, na catequese e em muitas outras pastorais, passou a residir, em 1998, nas Comunidades: Madre Justina Inês - Sananduva e Maximiliano de Almeida/RS  Nestas comunidades, Irmã Ana Lúcia dedicava-se aos serviços gerais da casa, numa vida de oração, simplicidade, escuta e dedicação, fazendo com carinho e amor as tarefas exigidas pela missão.

          Em 02 de abril de 2006, Irmã Ana Lúcia precisou de cuidados especiais. Passou a morar na Comunidade Emaús - Passo Fundo/RS, para melhor acompanhamento e recursos médicos adequados ao seu estado de saúde, quando  atingida pelo mal de Alzheimer. Apesar de todo o cuidado da comunidade, tratamento e acompanhamento médico, este mal a deixou totalmente incapaz de comunicar-se.

         

Em 2006, por cinco meses, permaneceu no Lar do Sossego - Passo Fundo, para um convívio e acompanhamento mais específico da enfermidade, voltando depois para a Comunidade Emaús das Irmãs, dando continuidade ao tratamento.

          Em 2009, devido a seu estado debilitado passou a residir na Comunidade São José do Patrocínio, em Vacaria.

         

  Irmã Ana Lúcia, na sua caminhada como Irmãs de São José, deixou em todas as comunidades e na missão marcas da pessoa amável, humilde, disponível, amiga, querida e próxima das pessoas.

          Encontramos em seus escritos frases que orientaram sua vida e missão:

Ø  “Tudo o que é feito por amor é grande”. É no silêncio que se ouve a voz de Deus. Onde há barulho Deus silencia.

Ø    Cada ação que faço movida, pelo Espírito, é vida. Senhor, dá-me a força para fazer Tua vontade. Dá-me a graça de dar prioridade à oração pessoal e comunitária.

Ø    Deus me ama como sou. Por isso devo ser misericordiosa com os outros.

Ø    A vida é sempre uma busca, um caminhar, até no final onde nos encontraremos com Ele face a face..  

Ø    Tenho em mim, desde a concepção, a marca da imagem e semelhança de Deus. “Transformar-se é morrer, para nascer de novo.”

No dia 10 de julho de 2015, Ir. Ana Lucia, com 80 anos de idade e 59 de Vida Consagrada a Deus, como Irmã de São José, partiu serenamente para viver sua vida definitiva com Deus.

          Muito obrigada, Ir. Ana Lucia, por sua longa vida colocada a serviço do Reino de Deus e vivida como verdadeira Irmã de São José.                                                            Interceda pelas necessidades da Congregação, pelas Irmãs, vocacionadas a Vida Religiosa, por seus familiares e por todas as pessoas que a ajudaram e cuidaram no tempo de doença. DESCANSE EM PAZ!

          Ir. Ana Lucia foi sepultada no Cemitério Municipal Santa Clara no jazigo das Irmãs de São José, em Vacaria, RS, após a missa, celebrada na Capela da Funerária Sagrada Família- Vacaria, RS

          

 

                                                             Lagoa Vermelha, 10 de julho de 2015

 

 

topo voltar