Irmãs de São José de Chambéry do Brasil e Bolívia
Memorial Saudades

Laura Rosa Baldissera

 06/03/1917     21/04/2018



Província da Congregação das Irmãs de São José

de Chambéry no Brasil 

 Núcleo São José

 

                                                                               Nome Civil: LAURA ROSA BALDISSERA

                                                                               Nome Religioso: IR.  ERNESTINA                                      

                                                                                          *Nascimento: 03.06.1917                     

                                                                                         +Falecimento: 21.04.2018

                                                                      

       “Tu és nosso Pai.” (Is, 63,16)

 

            A realidade que diariamente vemos encerra um tesouro inigualável, o próprio mistério da vida, pérola preciosa, escondida no campo que cada pessoa pode descobrir, porque o campo é o coração e nele está Aquele que nos criou.


            Ir. Laura, nasceu no dia 03 de junho de 1917 em Flores da Cunha – RS, filha de Ernesto Baldissera e de Antenesca Rigon. Seu lar foi enriquecido e abençoado com mais oito irmãos. 


             No ambiente familiar, recebeu uma sólida formação religiosa. Os pais se preocuparam também com a educação. O pai dizia para a mãe: “precisamos dar estudo para estes nossos filhos”.


            Por ocasião de uma visita do tio, Frei Domingos, este lhe disse: “Laura, tu tens vocação para ser religiosa”. Ir. Laura sempre foi líder, amiga, alegre e criativa. 


          Em 1933 passou a integrar o grupo de vocacionadas no juvenato de Sananduva, onde o tio, Frei Domingos, era Pároco.  Em 10 de fevereiro de 1935, ingressa no Postulado das Irmãs de São José de Chambéry, em Garibaldi/RS. Prosseguindo a caminhada com coragem e decisão, iniciou o Noviciado em 15 de outubro de 1935. Desejosa de ser toda de Deus, a Ele faz a oferta de sua vida pela primeira profissão religiosa, no dia 17 de outubro de 1936.


            Uma imensa seara no Rio Grande do Sul a espera! Crianças para serem alfabetizadas na Escola Divina Pastora, em Paim Filho, Escola São José em Ibiraiaras, Escola Santa Rosa em Carlos Barbosa, Escola São José em Pinto Bandeira, Escola Santa Inês em Garibaldi, Escola Coração de Maria em Vila Segredo, Ginásio São Luiz em Porto Alegre, Ginásio São José em Flores da Cunha e no Seminário de Vila Flores. Além de exercer sua missão no campo da educação, atuou como auxiliar de Secretaria na Casa Provincial, auxiliar de Farmácia no Hospital São Francisco de Concórdia - SC e Nossa Senhora da Oliveira de Vacaria-RS


            Revelou-se uma exímia professora. Amava as crianças e os jovens. Interessava-se pelos seus estudos e pelos seus familiares. Tentava descobrir em seus alunos o lado bom que possuíam.


Em sua caminhada, conheceu não só o Tabor, mas também o caminho da 6ª Feira Santa. Não foi fácil deixar-se recriar, refazer, remodelar e restaurar sua vida e missão, assim como não é para nenhuma de nós. Deve ter rezado muitas vezes: “Toma Senhor, este vaso quebrado”. E assim se expressa: “Meus passos buscam os teus no meu cansaço e nas minhas dificuldades da jornada. Dá-me, Senhor o teu sopro restaurador, tua graça que me refaz. Estou em tuas mãos Pai, como barro nas mãos do Oleiro. Quero ser um vaso novo. Serei tua, só tua por inteiro”. Frequentemente rezava: “Senhor, estou em tuas mãos. Jesus, Maria e José eu vos dou meu coração, minha alma, minha vida. Obrigada, Senhor, pela vida que me deste!”


            Extasiava-se com a passagem do Evangelho do Filho Pródigo, meditando na ternura, misericórdia e compaixão do Pai. Ela mesma sentia-se a filha amada em seus braços. A vontade de Deus se reveste de uma roupagem, nem sempre de acordo com nossos gostos. Neste momento é simplesmente duro e difícil pronunciar o “Faça-se em mim tua vontade”. Mas, se o grão de trigo morrer, produzirá muitos frutos. Morrer e florescer, eis o segredo. É o que Irmã Laura tentou viver no seguimento de Jesus Cristo, buscando forças na oração. O Senhor é rico em compaixão e misericórdia.  Na dor, colocar no centro de nossos sofrimentos, a cruz redentora de Cristo. Nele o humano torna-se uma fonte de benção.


Viveu seus últimos anos na Comunidade São José do Patrocínio em Vacaria - RS, animando o ambiente com sua jovialidade, dedicação e alegria.


No dia 21 de abril de 2018, Ir. Laura com 101 anos de idade e 82 anos de Vida Consagrada a Deus como Irmã de São José de Chambéry, partiu, serenamente, para viver sua vida definitiva em Deus.


Irmã Laura, nossa querida Irmã, hoje, junto do Teu e nosso Deus, interceda por todos nós. Somos suas Irmãs de Congregação, seus familiares, parentes e amigos que entregamos ao Pai sua bela vida de bondade, de amor e de jubilo. Irmã Laura, fique no Amor e no “face a face” com o Deus Amor.


 Ir. Laura Baldissera, após missa de corpo presente celebrada na Capela Sagrada Família, foi sepultada no Cemitério Municipal Santa Clara no jazigo das Irmãs de São José, em Vacaria, RS.

 

 

                                                                                                                                                                    Vacaria, 21 de abril de 2018






topo voltar